Brasil

Relatório da experiência em redes móveis
Janeiro de 2023

A Opensignal é o padrão global independente para a análise da experiência móvel do consumidor. Nossos relatórios públicos são o guia definitivo para compreender a verdadeira experiência dos consumidores nas redes móveis.

Autor: Robert Wyrzykowski, Analista sênior Período da coleta de dados: Sep 01 - Nov 29, 2022

Brasil

Relatório da experiência em redes móveis
Janeiro de 2023

A Opensignal é o padrão global independente para a análise da experiência móvel do consumidor. Nossos relatórios públicos são o guia definitivo para compreender a verdadeira experiência dos consumidores nas redes móveis.

Autor: Robert Wyrzykowski, Analista sênior

Período da coleta de dados: Sep 01 - Nov 29, 2022

Principais constatações

A Claro apresentou a experiência global mais veloz em dispositivos móveis no Brasil

Os usuários brasileiros tiveram a média global mais rápida de download e upload na rede da Claro. A operadora mantém o prêmio de Experiência com a velocidade de download com uma pontuação de 21,5 Mbps – 2,7 Mbps à frente da segunda colocada, a Vivo, 5,6 Mbps abaixo da posição de liderança registrada no relatório anterior. A TIM e a Vivo reduziram a distância para a Claro, uma vez que sua pontuação na Experiência com a velocidade de download aumentou em 2,5 e 2,7 Mbps, respectivamente, enquanto a pontuação da vencedora teve uma queda de 0,2 Mbps. A Claro também venceu no quesito Experiência com a velocidade de upload, com uma pontuação de 7,7 Mbps, enquanto a TIM se mantém no calcanhar da Claro, apenas 0,2 Mbps atrás da líder – tendo reduzido a diferença de 0,7 Mbps no relatório anterior.

A TIM junta-se à Claro no pódio dos vencedores da Experiência com jogos e da Experiência com aplicativos de voz

A Claro foi a vencedora inquestionável tanto na Experiência com jogos quanto na Experiência com aplicativos de voz no relatório anterior. Desta vez, A TIM forçou empates estatísticos contra a Claro em ambas as categorias, devido aos respectivos aumentos de 4,3 e 1,7 pontos nas duas métricas, pareados à redução na pontuação da Claro. A TIM subiu uma categoria na Experiência com aplicativos de voz, de Regular (66-74) para Aceitável (74-80), que agora compartilha com a Claro.

A Claro mantém o prêmio de Experiência com vídeos

A Claro continua sendo a única vencedora do prêmio Experiência com vídeos, com uma pontuação de 44,3 pontos. A operadora derrotou a TIM por 0,4 pontos, reduzindo a vantagem de 1,7 pontos no relatório anterior. Todas as operadoras do Brasil tiveram aumentos na pontuação, variando de 0,7 pontos da Claro a 2,2 pontos da Vivo – e todas elas se classificaram na categoria Razoável (40-55).

A TIM continua sendo a única vencedora do prêmio de Disponibilidade

A TIM defende o prêmio de Disponibilidade com uma pontuação de 96,1%, registrando um aumento na sua pontuação de 0,5 pontos percentuais, em comparação ao relatório anterior. Essa pontuação reflete o tempo em que nossos usuários se mantiveram conectados a serviços 3G ou superiores nessa rede. A Vivo foi a próxima concorrente, um ponto percentual atrás da vencedora. A Claro ficou em último lugar, mas teve o aumento mais expressivo na sua pontuação de Disponibilidade entre todas as operadoras no Brasil, de 1,1 pontos percentuais.

A Claro e a TIM mantêm seus prêmios de consistência com punho firme

A Claro leva para casa o prêmio de Excelente qualidade em consistência pela segunda vez consecutiva nos relatórios da Opensignal, com uma pontuação de 66,1%. Essa pontuação reflete o percentual de testes de usuários nas redes da operadora, que atende aos patamares de desempenho mínimos recomendados para assistir a vídeos em HD, realizar video conferências em grupo e jogar games. Enquanto isso, a TIM mantém a Qualidade na consistência central (aplicativos de desempenho mais baixo, como vídeos SD, chamadas de voz e navegação na internet), com uma pontuação de 82,3% – apenas 0,3 pontos percentuais à frente da Claro. Embora a Vivo tenha ficado em terceiro lugar em ambas as categorias, ela reduziu a lacuna até suas rivais, graças a aumentos em suas pontuações de consistência, associadas à diminuição da pontuação da Claro e da TIM.

Prêmios de experiência móvel

Janeiro de 2023, Brasil Report
Baixar imagem

Visão geral do mercado

No relatório mais recente da Opensignal sobre a Experiência com redes móveis no Brasil, a Claro ganhou quatro prêmios sem dificuldades e empatou em primeiro lugar com outra operadora em oito das categorias disponíveis. O total de prêmios da Claro isolada em primeiro lugar caiu em relação aos seis do relatório anterior, porque a TIM forçou empates estatísticos nos dois prêmios experienciais – Experiência com jogos e Experiência com aplicativos de voz, e agora Claro e TIM dividem os prêmios. Tanto a TIM quanto a Vivo estão alcançando a Claro em outras categorias também, visto que a Claro está à frente das concorrentes que perderam pontos nas categorias de velocidade, Experiência com vídeos e Qualidade excelente em consistência. A TIM continua sendo a campeã isolada nos quesitos de Disponibilidade e Qualidade na consistência central.

Para acompanhar a venda da unidade de telefonia móvel da Oi, a Opensignal observou a experiência de seus ex-usuários da Oi após a migração para outras redes anfitriãs – e constatou que seus dados comprovam que esses usuários tiveram melhorias significativas em todas as métricas – incluindo velocidade, disponibilidade de rede e as categorias experienciais. Todas as operadoras brasileiras abriram seus processos de venda de estações de base excedentes que receberam em decorrência da conclusão da compra dos ativos de telefonia móvel da Oi – uma obrigação das operadoras como parte das medidas governamentais para evitar práticas anticompetitivas. A ANATEL também expandiu uma série de concessões do espectro, anteriormente mantidas pela Oi, mas transferidas para a TIM e para a Vivo — licenças para 900 MHz e 1800 MHz até o final de 2032 e para 1900 MHz e 2100 MHz até 2038. A Claro teve de abrir mão das licenças do espectro transferidas da Oi, uma vez que já havia atingido o limite máximo do seu espectro.

A ANATEL também prorrogou as 850 MHz concessões da Vivo até 2028, mas revogou as licenças de outras 450 MHz operadoras, inicialmente destinadas à expansão da cobertura em zonas rurais.

E, por falar em cobertura em zonas rurais, os participantes do mercado brasileiro assumem mais iniciativas para expandir a área de atuação da telefonia móvel em áreas remotas. A ANATEL deu à Vivo a opção de expandir sua rede 4G principalmente em áreas não atendidas no nordeste do país, em vez de pagar uma multa de R$ 45,2 milhões (US$ 8,5 milhões). A Claro renovou seu contrato com a operadora internacional de satélites SES para prestar serviços móveis em 4G/5G, utilizando satélites para atender a cerca de 260.000 brasileiros que vivem em áreas remotas em toda a região da Amazônia. Enquanto isso, a operadora de telefonia móvel com acesso aberto Winity Telecom planeja lançar 800 pontos de telefonia celular em comunidades remotas espalhadas pelo Brasil até dezembro de 2023, utilizando seus ativos do espectro de 700 MHz – e até 5.000 torres de telefonia celular até 2029, tornando-se a primeira operadora por atacado no Brasil.

Nossos resultados neste relatório têm como base as medições coletadas de todas as principais operadoras de telefonia móvel no Brasil – Claro, TIM e Vivo – no período de 90 dias entre 1º de setembro e 29 de novembro de 2022, para avaliar como elas se saíram. As medições de redes 5G contribuem para a pontuação global. Lado-a-lado com essa análise, também publicamos um relatório associado — Experiência com redes móveis no Brasil — que analisa a experiência global de todos os nossos usuários de 5G no Brasil conectados à tecnologia 5G.

Experiência global
Cobertura
Consistência
Experiência com vídeos
Experiência com jogos
Experiência com aplicativos de voz
Experiência com a velocidade de download
Experiência com a velocidade de upload
Experiência com vídeos
in 0-100 points
Claro
44.3
TIM
43.8
Vivo
42.5
0 11.5 23 34.5 46
Os colchetes representam o intervalo de confiança.
Saiba por que os intervalos de confiança são importantes.
Baixar imagem
Experiência com jogos
in 0-100 points
Claro
60.9
TIM
60.8
Vivo
51.7
0 16.5 33 49.5 66
Os colchetes representam o intervalo de confiança.
Saiba por que os intervalos de confiança são importantes.
Baixar imagem
Experiência com aplicativos de voz
in 0-100 points
Claro
74.1
TIM
74.1
Vivo
70.0
0 19 38 57 76
Os colchetes representam o intervalo de confiança.
Saiba por que os intervalos de confiança são importantes.
Baixar imagem
Experiência com a velocidade de download
in Mbps
Claro
21.5
TIM
18.5
Vivo
18.8
0 6.5 13 19.5 26
Os colchetes representam o intervalo de confiança.
Saiba por que os intervalos de confiança são importantes.
Baixar imagem
Experiência com a velocidade de upload
in Mbps
Claro
7.7
TIM
7.5
Vivo
7.0
0 2 4 6 8
Os colchetes representam o intervalo de confiança.
Saiba por que os intervalos de confiança são importantes.
Baixar imagem
Análise nacional
Análise regional

Análise nacional

A Claro ganha novamente na categoria de Experiência com vídeos isoladamente, com uma pontuação de 44,3 pontos em uma escala de 100 pontos. Sua liderança em relação à segunda colocada, a TIM, diminuiu de 1,7 pontos no relatório anterior para 0,4 pontos no atual, uma vez que a pontuação da Claro subiu 0,7 pontos, e a da TIM, dois pontos. A Vivo teve o maior aumento entra as operadoras brasileiras, de 2,2 pontos.

Todas as operadoras se classificaram na categoria Razoável (40-55). Isto quer dizer que os usuários não tiveram uma boa experiência com vídeos de alta resolução (tempo de carregamento muito alto e perdas de rendimento) ou com alguns fornecedores de vídeos. A experiência com vídeos de resolução mais baixa de alguns fornecedores, contudo, pode ter sido positiva.

Definições

A experiência com vídeos da Opensignal quantifica a qualidade do streaming de vídeo em dispositivos móveis, medindo streaming de vídeos reais nas redes de uma operadora. A métrica tem como base a abordagem da União Internacional de Telecomunicações (International Telecommunication Union - ITU), desenvolvida por meio de estudos detalhados, derivados de uma relação entre os parâmetros técnicos, incluindo a qualidade das imagens e o tempo de carregamento dos vídeos, conforme relatados por pessoas reais. Para calcular a experiência com vídeos, medimos diretamente o streaming de vídeos nos dispositivos dos usuários finais e utilizamos esta abordagem da ITU para quantificar a Experiência Global com Vídeos de cada operadora, em uma escala de 0 a 100. Os vídeos testados incluem uma mistura de resolução – incluindo Full HD (FHD) e 4K/Ultra HD (UHD) – e são assistidos diretamente dos maiores provedores de conteúdo em vídeo do mundo.

Além da experiência com vídeos, relatamos as seguintes métricas relativas a essa experiência:

  • Experiência com vídeos 5G: a experiência média com vídeos de usuários da Opensignal quando estão conectados à rede 5G de uma operadora.
  • Experiência com vídeos – Usuários 5G: a experiência média com vídeos de usuários da Opensignal com um dispositivo 5G e uma assinatura 5G em todas as redes de uma operadora. O cálculo envolve a experiência com vídeos em redes 2G, 3G, 4G e 5G juntamente com a disponibilidade de cada tecnologia.
  • Experiência com vídeos 4G: a experiência média com vídeos de usuários da Opensignal quando estão conectados à rede 4G de uma operadora.
  • Experiência com vídeos 3G: a experiência média com vídeos de usuários da Opensignal quando estão conectados à rede 3G de uma operadora.

Saiba mais

Análise nacional

A Claro foi a única vencedora na categoria Experiência com jogos, no relatório anterior. Depois que a pontuação da TIM na Experiência com jogos aumentou 4,3 pontos e a Claro perdeu 1,2 pontos, ambas as operadoras agora são vencedoras em conjunto, com pontuação de 60,8 a 60,9 em uma escala de 100 pontos. A Vivo ficou na lanterna, perdendo em mais de nove pontos para a dupla vencedora. Entretanto, ela teve um aumento de 2,9 pontos desde o último relatório.

Definições

A experiência com jogos da Opensignal mede a experiência de usuários com dispositivos móveis em tempo real e jogos para multijogadores na rede de uma operadora. Medida em uma escala de 0 a 100, ela analisa como a experiência dos nossos usuários com jogos para multijogadores em dispositivos móveis é afetada pelas condições da rede móvel, incluindo a latência, as perdas de pacotes e a instabilidade.

A Experiência com jogos quantifica a experiência quando o usuário está jogando em tempo real, com jogos móveis para multijogadores, em dispositivos móveis conectados a servidores em todo o mundo. A abordagem é desenvolvida com base em vários anos de pesquisas quantificando a relação entre os parâmetros técnicos das redes e a experiência com jogos, conforme relatadas por usuários reais de dispositivos móveis. Esses parâmetros incluem a latência (tempo de ida e volta), a instabilidade (variabilidade da latência) e as perdas de pacotes (a proporção de pacotes de dados que nunca alcançam seu destino). Além disso, ela considera diversos gêneros de jogos para multijogadores, para apurar a sensibilidade média conforme as condições da rede. Os jogos testados incluem alguns dos jogos para multijogadores mais populares em tempo real (como Fortnite, Pro Evolution Soccer e Arena of Valor), jogados em todo o mundo.

O cálculo da experiência com jogos começa com a medição da experiência de ponta a ponta entre os dispositivos dos usuários e os endpoints da internet que hospedam os jogos reais. Em seguida, a pontuação é medida em uma escala de 0 a 100.

Além da experiência com jogos, emitimos relatórios com as seguintes métricas relacionadas à experiência com jogos:

  • Experiência com jogos 5G: a experiência média com jogos de usuários da Opensignal quando estão conectados à rede 5G de uma operadora.
  • Experiência com jogos – Usuários 5G: a experiência média com jogos de usuários da Opensignal com um dispositivo 5G e uma assinatura 5G em todas as redes de uma operadora. O cálculo envolve a experiência com jogos em redes 2G, 3G, 4G e 5G, juntamente com a disponibilidade de cada tecnologia.
  • Experiência com jogos 4G: a experiência média com jogos de usuários da Opensignal na rede 4G de uma operadora.
  • Experiência com jogos 3G: a experiência média com jogos de usuários da Opensignal na rede 3G de uma operadora (p. ex. UMTS/HSPA ou CDMA 1X EV-DO).

Saiba mais

Análise nacional

Graças aos 1,7 pontos adicionais da TIM no quesito Experiência com aplicativos de voz e à perda de 0,7 pontos pela Claro, a TIM subiu no pódio dos vencedores juntamente com a vencedora isolada anterior, a Claro. As duas operadoras ganham com pontuação idêntica, de 74,1 pontos em uma escala de 100 pontos. Graças a sua pontuação mais alta, a TIM juntou-se à Claro na categoria Aceitável (74-80), saindo da categoria Regular (66-74). A Vivo ficou em último lugar, 4,1 pontos atrás das vencedoras – mas sua pontuação aumentou em 1,1 pontos, comparada ao relatório anterior.

Definições

A experiência com aplicativos de voz da Opensignal mede a qualidade da experiência de serviços de voz over-the-top (OTT) – aplicativos móveis de voz como Whatsapp, Skype e Facebook Messenger – utilizando um modelo derivado da abordagem da União Internacional de Telecomunicações (International Telecommunication Union - ITU) para quantificar a qualidade global das chamadas de voz com uma série de parâmetros técnicos calibrados. Esse modelo caracteriza a relação exata entre as medições técnicas e como a qualidade da chamada é percebida. A experiência com aplicativos de voz em cada operadora é calculada em uma escala de 0 a 100.

Além de experiência com aplicativos de voz, nosso relatório inclui as seguintes métricas relativas à experiência com aplicativos de voz:

  • Experiência com aplicativos de voz 5G: a experiência média com aplicativos de voz de usuários da Opensignal quando estão conectados à rede 5G de uma operadora.
  • Experiência com aplicativos de voz – Usuários 5G: a experiência média com aplicativos de voz de usuários da Opensignal com um dispositivo 5G e uma assinatura 5G em todas as redes de uma operadora. O cálculo envolve a experiência com aplicativos de voz em redes 2G, 3G, 4G e 5G, juntamente com a disponibilidade de cada tecnologia.
  • Experiência com aplicativos de voz 4G: a experiência média com aplicativos de voz de usuários da Opensignal na rede 4G de uma operadora.
  • Experiência com aplicativos de voz 3G: a experiência média com aplicativos de voz de usuários da Opensignal na rede 3G de uma operadora (p. ex. UMTS/HSPA ou CDMA 1X EV-DO).

Saiba mais

Análise nacional

A Claro continua sendo a única vencedora do prêmio Experiência com a velocidade de download, com uma pontuação de 21,5 Mbps – 2,7 Mbps à frente da segunda colocada, a Vivo, e 3 Mbps à frente da TIM. A margem superior da Claro em relação à Vivo diminuiu em 5,6 Mbps em relação ao relatório anterior. TIM e Vivo tiveram crescimento de 2,5 Mbps (15,5%) e 2,7 Mbps (16,6%) respectivamente, embora a pontuação da Claro tenha sofrido uma ligeira queda de 0,2 Mbps.

Definições

Medida em Mbps, a experiência com a velocidade de download representa a velocidade típica de rotina que um usuário percebe em todas as redes de dados móveis de uma operadora.

Além da experiência com a velocidade de download, nosso relatório inclui as seguintes métricas relativas à velocidade de download:

  • Velocidade de download 5G: a velocidade média de download observada pelos usuários da Opensignal com conexões 5G ativas.
  • Experiência com a velocidade de download – Usuários 5G: a velocidade média de download percebida pelos usuários da Opensignal com um dispositivo 5G e uma assinatura 5G em todas as redes de uma operadora. O cálculo envolve a velocidade de download em redes 2G, 3G, 4G, e 5G, juntamente com a disponibilidade de cada tecnologia.
  • Velocidade de download 4G: a velocidade média de downlink observada pelos usuários da Opensignal quando estão conectados à rede 4G.
  • Velocidade de download 3G: a velocidade média de downlink observada por usuários da Opensignal quando estão conectados à rede 3G (p. ex. UMTS/HSPA ou CDMA 1X EV-DO).

Saiba mais

Análise nacional

A Claro leva para casa novamente o prêmio de Experiência com a velocidade de upload, com uma pontuação de 7,7 Mbps. A TIM fica em segundo lugar, 0,2 Mbps atrás da Claro – reduzindo a lacuna de 0,7 Mbps do relatório anterior. A Vivo ficou em último lugar, com uma pontuação de 7 Mbps, 0,5 Mbps atrás da concorrente. Nossos usuários de todas as operadoras no Brasil tiveram um aumento médio na velocidade de upload, variando entre 0,1 Mbps, no caso da Claro, e 0,3 Mbps, no caso da Vivo, e 0,6 Mbps, no caso da TIM.

Definições

A experiência com a velocidade de upload mede a velocidade média de upload de cada operadora, observada pelos nossos usuários em todas as redes de dados móveis dessa operadora. Tipicamente, as velocidades de upload são mais lentas do que as velocidades de download, uma vez que as tecnologias atuais de banda larga para telefonia móvel concentram seus recursos na melhor velocidade possível de download, para que seus usuários consumam conteúdo em seus dispositivos. À medida que as tendências de internet móvel se afastam dos conteúdos baixados para criação de conteúdo e prestam suporte em tempo real a serviços de comunicação, a velocidade de upload está se tornando mais crítica e novas tecnologias estão surgindo para impulsionar a capacidade a montante.

Além da experiência com a velocidade de upload, nosso relatório inclui cinco métricas de apoio relativas à velocidade de upload:

  • Velocidade de upload 5G: a velocidade média de upload observada pelos usuários da Opensignal com conexão 5G ativa.
  • experiência com a velocidade de upload – Usuários 5G: a velocidade média de upload percebida pelos usuários da Opensignal com um dispositivo 5G e uma assinatura 5G em todas as redes de uma operadora. O cálculo envolve a velocidade de upload em redes 2G, 3G, 4G, e 5G, juntamente com a disponibilidade de cada tecnologia.
  • Velocidade de upload 4G: a velocidade média de uplink observada pelos usuários da Opensignal quando estão conectados à rede 4G.
  • Velocidade de upload 3G: a velocidade média de uplink observada pelos usuários da Opensignal quando estão conectados à rede 3G (p. ex. UMTS/HSPA ou CDMA 1X EV-DO).

Saiba mais

Análise regional

A Claro ganha quatro prêmios nas cidades isoladamente, em todas as métricas globais experienciais e de velocidade, em duas das maiores cidades do Brasil, Rio de Janeiro e São Paulo. A TIM é a única vencedora de três prêmios, embora a Vivo leve para casa um prêmio e as três operadoras tenham empatado estatisticamente nos dois troféus restantes.

A Vivo assegura sua vitória isolada no prêmio de Experiência com a velocidade de download no Rio de Janeiro, onde ganhou com uma pontuação de 23,9 Mbps – 1,5 Mbps mais rápida do que a segunda colocada TIM. Todas as operadoras são vencedoras em conjunto deste prêmio em São Paulo, com pontuação na faixa de 21,2 a 21,6 Mbps. Entretanto, a TIM leva o prêmio de Experiência com a velocidade de upload sozinha nas duas cidades – nossos usuários contaram com uma velocidade média de upload de 8,3 Mbps no Rio de Janeiro e 9,2 Mbps em São Paulo. Nas duas cidades, a TIM derrotou a Claro por 0,4 e 0,5 Mbps, respectivamente.

A TIM completa sua sequência de vitórias isoladas com um primeiro lugar em Experiência com vídeos em São Paulo – mas no Rio de Janeiro, nossos usuários não observaram diferenças estatisticamente significativas entre as três operadoras, o que levou à premiação conjunta das três operadoras. A Claro obteve todas as suas quatro vitórias isoladas em duas categorias experienciais – Experiência com jogos e Experiência com aplicativos de voz. Na categoria Experiência com jogos, a operadora liderou com 5,5 pontos a mais do que a TIM no Rio de Janeiro – mas sua margem superior em relação à TIM é muito mais baixa em São Paulo: apenas 1,5 pontos.

Resumo da análise regional: Brasil, Relatório da experiência em redes móveis, Janeiro de 2023

Cidade
Experiência com vídeos
Experiência com jogos
Experiência com aplicativos de voz
Experiência com a velocidade de download
Experiência com a velocidade de upload
Rio de Janeiro
C
T
V
C
C
V
T
São Paulo
T
C
C
C
T
V
T
Relatório da experiência em redes móveis | Janeiro de 2023 | © Opensignal Limited Baixar imagem
Região selecionada
  • J-R
    • Rio de Janeiro
  • S-Z
    • São Paulo
Experiência com vídeos
em Rio de Janeiro
in 0-100 points
Claro
44.0
TIM
44.0
Vivo
43.3
Baixar imagem
Experiência com jogos
em Rio de Janeiro
in 0-100 points
Claro
68.4
TIM
62.9
Vivo
57.2
Baixar imagem
Experiência com aplicativos de voz
em Rio de Janeiro
in 0-100 points
Claro
76.4
TIM
74.5
Vivo
73.3
Baixar imagem
Experiência com a velocidade de download
em Rio de Janeiro
in Mbps
Claro
21.6
TIM
22.4
Vivo
23.9
Baixar imagem
Experiência com a velocidade de upload
em Rio de Janeiro
in Mbps
Claro
7.9
TIM
8.3
Vivo
7.1
Baixar imagem
Experiência com vídeos
em São Paulo
in 0-100 points
Claro
46.1
TIM
47.7
Vivo
46.0
Baixar imagem
Experiência com jogos
em São Paulo
in 0-100 points
Claro
70.9
TIM
69.4
Vivo
60.4
Baixar imagem
Experiência com aplicativos de voz
em São Paulo
in 0-100 points
Claro
77.1
TIM
75.9
Vivo
72.5
Baixar imagem
Experiência com a velocidade de download
em São Paulo
in Mbps
Claro
21.6
TIM
21.5
Vivo
21.2
Baixar imagem
Experiência com a velocidade de upload
em São Paulo
in Mbps
Claro
8.8
TIM
9.2
Vivo
8.5
Baixar imagem

Claro

TIM

Vivo

Disponibilidade
Disponibilidade
% of time
Claro
94.5
TIM
96.1
Vivo
95.1
0 25 50 75 100
Os colchetes representam o intervalo de confiança.
Saiba por que os intervalos de confiança são importantes.
Baixar imagem
Análise nacional
Análise regional

Análise nacional

Nossos usuários da rede da TIM se mantiveram conectados a serviços 3G ou superiores 96,1% do tempo, a melhor pontuação no Brasil. Consequentemente, a TIM ganhou sozinha o prêmio de Disponibilidade, com um aumento de 0,5 pontos percentuais na sua pontuação, em comparação ao relatório anterior. A Vivo vem em seguida, com um ponto percentual atrás da vencedora e sem alterações estatisticamente significativas na sua pontuação – e por isto a TIM amplia sua liderança quanto aos 0,6 pontos percentuais de vantagem no relatório anterior. A Claro vem em último lugar, mas teve o aumento mais expressivo na sua pontuação de Disponibilidade, de 1,1 pontos percentuais.

Definições

Nossas métricas de disponibilidade não são uma medição da extensão geográfica de uma rede. Elas não medem a probabilidade de se obter um sinal se você planejar visitar uma área rural remota ou uma região praticamente inabitada. Elas medem a proporção do tempo que as pessoas permanecem em uma conexão de rede, no locais que frequentam regularmente – algo muitas vezes não avaliado pelas métricas tradicionais de cobertura. Considerando o fato de os usuários manterem uma conexão em vez do local em que se encontram, podemos ter uma reflexão mais precisa da verdadeira experiência do usuário.

Também monitoramos os momentos que deixam os usuários de dispositivos móveis mais frustrados: quando não há sinal para se conectar. As zonas mortas mais comuns em que os usuários têm esse problema são em ambientes internos. Como a maioria dos nossos dados de disponibilidade são coletados em ambientes internos (como aqueles em que os usuários ficam mais tempo), somos particularmente estratégicos na detecção de áreas sem sinal.

Nossas métricas de disponibilidade adotam uma abordagem centrada no usuário e baseada no tempo, que complementa a metodologia centrada no usuário e baseada na área geográfica utilizada nas nossas métricas de alcance.

A disponibilidade demonstra a proporção de tempo em que os usuários da Opensignal dispõem de uma rede de operadora com uma conexão 3G, 4G ou 5G.

Os mapas de cobertura exibem os locais em que recebemos medições de usuários conectados a redes 3G ou superiores. Cada mapa contém uma indicação das áreas em que é possível obter serviços móveis da operadora em questão.

Saiba mais

Análise regional

Nossos usuários da TIM se mantiveram conectados a serviços 3G ou superiores pelo período mais longo no Rio de Janeiro, com 97,6% do tempo – 0,5 pontos percentuais a mais do que a Vivo e um ponto percentual acima da Claro. Em São Paulo, Claro e TIM são vencedoras em conjunto, com pontuações de 96,9 a 97,1%

.

Resumo da análise regional: Brasil, Relatório da experiência em redes móveis, Janeiro de 2023

Cidade
Disponibilidade
Rio de Janeiro
T
São Paulo
C
T
Relatório da experiência em redes móveis | Janeiro de 2023 | © Opensignal Limited Baixar imagem
Região selecionada
  • J-R
    • Rio de Janeiro
  • S-Z
    • São Paulo
Disponibilidade
em Rio de Janeiro
% of time
Claro
96.6
TIM
97.6
Vivo
97.1
Baixar imagem
Disponibilidade
em São Paulo
% of time
Claro
97.1
TIM
96.9
Vivo
96.5
Baixar imagem
Qualidade excelente constante
Qualidade central constante
Qualidade excelente constante
% de testes
Claro
66.1
TIM
62.5
Vivo
58.9
0 17.5 35 52.5 70
Os colchetes representam o intervalo de confiança.
Saiba por que os intervalos de confiança são importantes.
Baixar imagem
Qualidade central constante
% de testes
Claro
81.9
TIM
82.3
Vivo
77.7
0 21.5 43 64.5 86
Os colchetes representam o intervalo de confiança.
Saiba por que os intervalos de confiança são importantes.
Baixar imagem

Análise nacional

A Claro mantém o prêmio de Qualidade excelente em consistência pela segunda vez consecutiva nos relatórios da Opensignal, com uma pontuação de 66,1% – 3,6 pontos percentuais à frente da TIM, ou seja, uma queda em relação aos quatro pontos percentuais à frente no relatório anterior. A pontuação das duas operadoras caiu em 1,5 e 1,2 pontos percentuais respectivamente – enquanto isso, a pontuação da terceira colocada Vivo cresceu 3,3 pontos percentuais. Em decorrência disto, a Vivo reduziu a diferença para a segunda colocada, a TIM, de 8,1 para 3,6 pontos percentuais.

Definições

As medições de qualidade consistente medem a frequência com que a experiência dos usuários em uma rede foi suficiente para substanciar os requisitos comuns dos aplicativos. Elas medem a velocidade, a latência, a instabilidade, as perdas em pacotes, o tempo até o primeiro byte nos downloads, bem como o percentual de testes realizados e malsucedidos devido a problemas de conectividade no componente de download ou de resposta do servidor.

Detalhes completos sobre como são calculadas as métricas de qualidade consistente– Qualidade Consistente Excelente e Qualidade Consistente Central – podem ser encontrados aqui.

Qualidade Consistente Excelente é o percentual de testes de usuários que atenderam aos requisitos de desempenho mínimos recomendados para assistir a vídeos em HD, realizar chamadas de videoconferência em grupo e executar jogos.

Saiba mais

Análise nacional

A TIM leva o prêmio de Qualidade na consistência central pela segunda vez consecutiva nos relatórios da Opensignal, desta vez com uma pontuação de 81,9%. A Claro vem logo em seguida, 0,3 pontos percentuais atrás da vencedora – uma queda na diferença anterior de 1,6 pontos percentuais. Ambas as operadoras sofreram queda nos seus resultados – a pontuação da Claro caiu 0,5 pontos percentuais, e a da TIM, 1,8 pontos percentuais.

A Vivo ficou na última posição, mas teve um aumento de 0,9 pontos percentuais na sua pontuação e, com a queda na pontuação de suas concorrentes, apenas 4,5 pontos percentuais separam as três operadoras brasileiras – uma diferença que era de 7,2 pontos percentuais anteriormente.

Definições

A Qualidade Consistente Central mede a frequência com que a experiência dos usuários em uma rede foi suficiente para substanciar os requisitos comuns dos aplicativos. Ela mede a velocidade, a latência, a instabilidade, as perdas em pacotes, o tempo até o primeiro byte nos downloads, bem como o percentual de testes realizados e malsucedidos devido a problemas de conectividade no componente de download ou de resposta do servidor.

Detalhes completos sobre como são calculadas as métricas de Qualidade Consistente – Qualidade Consistente Excelente e Qualidade Consistente Central – podem ser encontrados no link here.

Core Consistent Quality é o percentual de testes de usuários que atenderam aos requisitos mínimos recomendados para usos básicos como assistir a vídeos em SD, realizar chamadas de voz e navegar na internet.

Saiba mais

Análises relacionadas

Nossa metodologia

Com a coleta de bilhões de medições individuais diariamente, de mais de 100 milhões de dispositivos pelo mundo afora, a Opensignal analisa de forma independente a experiência dos usuários com os serviços móveis das principais operações em rede em todo o mundo.

Sobre a Opensignal

A Opensignal é a empresa de análise de serviços móveis que tem o compromisso de melhorar a conectividade móvel em todo o planeta. Somos a autoridade independente para compreensão da verdadeira experiência que os consumidores recebem nas redes sem fio.

Veja como a sua conexão com a internet afeta seus aplicativos favoritos com o Aplicativo Meteor